Buscar
  • Maria Rejane Arboite

EXECUÇÃO –A Liderança que faz acontecer


Dá-se muita importância para a capacidade que um líder deve ter para gerir pessoas e pensar na estratégia. Pouco se fala sobre a capacidade de execução. É o que abordo a seguir.

Às vezes nós profissionais de RH nos preocupamos muito em avaliar a inteligência ou as competências interpessoais dos líderes e esquecemos que é a capacidade de execução de planos e o cumprimento de metas que verdadeiramente traduzem o bom desempenho da liderança.

Trata-se do “ fazer acontecer” muito bem retratado no livro Execução – A disciplina para atingir resultados, dos autores Larry Bossidy e Ram Charan. Liderar processos, reorganizar o fluxo, corrigir a rota, alinhar estruturas físicas e pessoas, cuidar dos detalhes. Simples não!

É o grande desafio que muitos dos lideres intermediários passam e nem todos sabem como converter uma visão em tarefas especificas.

Sobre isso sugiro:

  • Discuta as metas, não apenas aceite;

  • Elabore um bom plano. Capriche no detalhamento e coloque prazos possíveis de serem cumpridos;

  • Envolva-se nas atividades, conheça o que deve ser feito;

  • Faça benchmarking com lideranças de outros setores, conheça as maneiras usadas para conduzir os processos;

  • Conheça todas as pessoas da sua equipe, habilidades, comportamentos, saiba com quem pode contar em cada desafio;

  • Check – verifique constantemente se as atividades planejadas estão sendo executadas e não hesite em corrigir a rota quando necessário. Não abandone o plano, revise e comunique os envolvidos.

Muitas iniciativas são pensadas e se perdem no momento da “ação”. O que tem se percebido é que empresas de sucesso possuem lideres obstinados, focados, persistentes e tecnicamente preparados, além de conhecedores da cultura empresarial e apoiados pelo RH estratégico.


6 visualizações

© 2017  www.p3rh.com.br Orgulhosamente criado com Wix.com